02/11/2017
POLÍTICA
Barueri tem novo secretário de Governo 
Ele será 'braço direto' da administração de Rubens Furlan 
Katherine Cifali
Geraldo Vinholi (PSDB) está morando em Alphaville. Foto: Marcia Yamamoto/Divulgação

Com a responsabilidade de ser um braço direto da administração de Rubens Furlan (PSDB), o ex-prefeito de Catanduva, Geraldo Antonio Vinholi (PSDB), assumiu, esta semana, o posto de secretário de Governo de Barueri. Antes o Chefe de Gabinete, Antônio Carlos Pasinato, estava à frente da pasta, porém de forma interina.

“A secretaria de Governo compete em assistir e assessorar o prefeito em suas funções político-administrativas, analisar informações com objetivo de subsidiar o chefe do Executivo em tomada de decisões e auxiliá-lo nas interlocuções com outros órgãos”, explica o secretário de Comunicação de Barueri, Thazio Gomiero.

O economista e ex-prefeito de Catanduva, Vinholi foi convidado para o cargo devido ao seu relacionamento político com o próprio Furlan e alguns líderes políticos, como o senador tucano José Serra.

Apesar da trajetória política e base eleitoral de Vinholi estar localizada em Catanduva, a cerca de 400 quilômetros de Barueri, o novo secretário já mora na região, em Alphaville.

Vinholi foi diretor-presidente da EMTU, executivo da CPTM, quatro vezes deputado estadual até assumir, em 2013, a prefeitura de Catanduva. Em 2016, o tucano tentou a reeleição, mas não teve sucesso na corrida eleitoral.

O político de 64 anos foi condenado duas vezes pela Justiça Eleitoral por improbidade administrativa, uma praticada em 2014 e a outra em julho deste ano. Recentemente, Vinholi tornou-se réu em mais um processo, desta vez, as acusações são referentes à falta de repasse, em 2016, da prefeitura de Catanduva – administrada pelo tucano à época, a empresa que fazia a coleta de lixo da cidade. O processo está em fase inicial e Vinholi ainda não apresentou sua defesa.