14/07/2017
POLÍTICA
Morre Celso Giglio, aos 76, em SP
Políticos da região lamentam a morte do médico e ex-prefeito de Osasco, que deixou cinco filhos e quatro netos
João Felipe Cândido
Celso Giglio: médico iniciou carreira política no fim da década de 80, eleito vereador na cidade de Osasco com mais de cinco mil votos (Foto: PSDB/Divulgação)

O deputado estadual e ex-prefeito de Osasco, Celso Giglio (PSDB), 76, morreu na tarde da última terça-feira (11) no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, em decorrência de uma infecção que se prolongou após uma cirurgia craniana.

Nascido em Campinas, foi prefeito de Osasco por duas vezes (1193 a 1996 e 2001 a 2004). Quando terminou o seu primeiro mandato, recebeu o índice de 92% de aprovação popular. Em 2006 foi eleito deputado estadual, com o maior número de votos da cidade de Osasco.

Celso Giglio era viúvo de Glória Giglio e deixa os filhos Giovana, Isabela, Antonio, Celso Júnior e Guilherme; e os netos João Pedro, Beatriz, Gabriel e Laura.
O velório aconteceu no Teatro Municipal Glória Giglio e o sepultamento foi realizado no Cemitério Bela Vista.

Rogério Lins, prefeito de Osasco (Foto: Ítalo Cardoso)

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), decretou luto oficial de sete dias. “Foi com imenso pesar que recebi a notícia do falecimento do amigo e mestre, deputado estadual Dr. Celso Giglio. Giglio governou Osasco por dois mandatos e deixou a marca do desenvolvimento na cidade. Correto, exemplar, e muito competente, ele nos emprestou sua experiência e dedicação. Osasco perde um grande líder”, declarou Lins.

Gil Lancaster, deputado estadual (Foto: Divulgação)

O deputado estadual, Gil Lancaster (DEM), afirmou: “Perdemos um grande líder político que construiu uma vida pública com maestria a cidade de Osasco. Um grande homem, um grande médico, um grande amigo”.

Elvis Cezar, prefeito de Santana de Parnaíba (Crédito: Divulgação)

O prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar (PSDB), destacou: “Doutor Celso transcendeu a coadjuvância de um servidor municipal para se tornar uma das maiores lideranças políticas da região oeste metropolitana. Com leveza e dignidade conduziu com maestria seus cargos eletivos, inspirando uma geração, da qual faço parte. Seu legado será eterno”.

Rubens Furlan, prefeito de Barueri (Crédito: Hnerique Vilela/Folha de Alphaville)

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), ressaltou: “Médico, homem público honrado, compromissado com toda a nossa região, Celso Giglio também foi meu colega de mandato em Brasília, quando fomos eleitos em 1998 para o cargo de deputado federal. Fica para a história o seu legado de conquistas e apoio à democracia não só para Osasco e para a nossa região, mas também para o Estado de São Paulo e para a política brasileira como um todo. A boa política”.

Bruna Furlan, deputada federal (Foto: Divulgação)

A deputada federal, Bruna Furlan (PSDB), falou sobre a perda de seu amigo: “O Estado de São Paulo perde um grande líder. A cidade de Osasco está em luto. Sinto o mais profundo pesar pelo falecimento do doutor Giglio.”