14/07/2017
POLÍTICA
Elvis faz balanço de governo e destaca as obras viárias
O prefeito Elvis Cezar faz um balanço do seu comando na prefeitura. Ele fala de mobilidade urbana, educação, saúde, etc.
Haydée Eloise Ribeiro

Já se passou meio ano e a Folha de Alphaville conversou com o prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar (PSDB), que fez um balanço de seis primeiros meses de governo. A mobilidade urbana foi o principal tema.

Folha de Alphaville: Qual balanço o prefeito faz dos seis primeiros meses?
Elvis Cezar: – Fantástico, conseguimos tirar do papel dezenas de ações, principalmente no segmento de obras. Montamos canteiros de obras na arena de eventos, no PS Infantil, no novo Centro de Especialidade e estamos montando também na arena de esportes. Foram 50 km de calçadas feitas pela nossa gestão. Criaremos novos polos industriais. Fazemos um cronograma, com data de início, estágio e prazo. As aprovações também estão mais rápidas. O local da III Feira de Negócios, aprovamos em 40 dias. A gestão anterior parou a aprovação por seis anos.

E a mobilidade urbana?
Estamos na fase de finalização da Via Parque, a maior obra de mobilidade urbana da história de Alphaville e Tamboré. Vamos terminá-la ainda esse mês. Já fechamos a questão da avenida Paiol Velho. Começamos as obras em agosto e pedimos deslocamento das redes elétricas. Tem ainda o projeto de recuperação da Al. América e a ligação da Cidade São Pedro à região do residencial Itahyê. Há o projeto da ponte que sairia de Barueri, próximo à Chácara Marco, passando por cima do rio e chegando em Santana de Parnaíba no início do Colégio Universitário. Tira o fluxo monstruoso da região central de Parnaíba e de Barueri. A conexão dará fluidez inimaginável. Da minha casa até o residencial 6 gasto 15 km. Com a ponte, passará para cerca de 3 km. Outro projeto é duplicação da avenida Tenente Marques. Queremos também fazer uma avenida paralela a essa via, que significará um boom de desenvolvimento econômico em Cajamar e Santana de Parnaíba. Estamos em execução final do plano de mobilidade urbana.

E na área de segurança?
No segundo semestre instalaremos as cercas virtuais, com o uso de um programa, que controlará as entradas e saídas. Veículos ilícitos que entrarem são aplicados na hora no sistema e aparecem no monitoramento. O emprego da tecnologia, aliado à propagação das câmeras e o efetivo que temos, conseguimos uma segurança maior.

E a maternidade, prometida em campanha?
O complexo que inclui a maternidade, o Pronto-Socorro Infantil e o Centro de Especialidades. A maternidade tem um custo significativo, com emprego de tecnologia. Ela está pronta e estamos comprando equipamentos. Esse complexo é ligado ao Hospital Santa Ana. Nossa pediatria é de ponta. Somos um dos poucos que tem consulta em todas as áreas marcadas em menos de 60 dias.

E na Educação?
Das 30 melhores escolas do estado de São Paulo, três delas estão em Santana de Parnaíba, entre elas o Colégio Municipal Tom Jobim, em Alphaville. Nossas crianças com seis anos são alfabetizadas na rede pública. De cada 30 alunos, 25 estão alfabetizados. A educação começa na cozinha. Temos a melhor merenda do Brasil. A dignidade do ambiente público é muito importante e fator predominante da minha gestão. Iluminação boa, telhado bom, lousas boas. Fazemos capacitação constante dos professores. Substituiremos a cesta básica pelo cartão de consumo, com o professor investindo onde preferir. Assim, fomentamos a economia local e geramos emprego e renda. Temos um dos melhores salários. Em 2013, contratamos 400 professores. Temos Fatec, Fasp, Univesp e Uniesp.

A extinção da taxa de bombeiros impacta na prefeitura?
Sim. O custo com os Bombeiros é de R$ 1,5 milhão a R$ 1,8 milhão. Cortamos aqui e lá e colocamos nos Bombeiros porque a segurança da família é importante. Estamos comprando um caminhão de R$ 200 mil.

O que faz para atrair empresas para a cidade após mudanças no ISS?
O Investe Parnaíba é um portal que mostra todos os resultados que temos. A cidade tem solidez na gestão pública. Mão de obra qualificada, localização estratégica, infraestrutura, além dos eixos viários. Segundo o Ipea, Parnaíba é uma das 4 cidades com auto-suficiência para investimento na região metropolitana. Pela revista Exame, pulamos da 52a posição, em 2013, para a 9a posição em 2016, no ranking das melhores para investir no Brasil.