11/07/2017
POLÍTICA
Morre Celso Giglio, aos 76 anos
Ex-prefeito de Osasco estava internado havia cerca de dois meses
João Felipe Cândido
O médico e político Celso Giglio morreu na tarde desta terça (11) Foto: Divulgação

O médico e ex-prefeito de Osasco, Celso Giglio, de 76 anos, morreu na tarde desta terça-feira (11) no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, em decorrência de uma infecção que se prolongou após uma cirurgia craniana.

Nascido na cidade de Campinas (SP), foi prefeito de Osasco por duas vezes, quando terminou o seu primeiro mandato, em 1996,
recebeu o índice de 92% de aprovação popular, se tornando o prefeito que teve a nota mais alta do Brasil.

Em 2006 foi eleito deputado estadual, com o maior número de votos da cidade de Osasco. Ele era filiado ao PSDB. 

Celso Giglio era viúvo de Glória Giglio e deixa os filhos Giovana, Isabela, Antonio, Celso Júnior e Guilherme, o genro Rubens, as noras Roberta e Stefanie, e os netos João Pedro, Beatriz, Gabriel e Laura.

O velório ocorrerá a partir das 8h desta quarta (12), no Teatro Municipal Glória Giglio, que fica na avenida dos Autonomistas, 1533, Centro de Osasco.

O sepultamento ocorrerá às 16h, no Cemitério Bela Vista.

(reportagem atualizada às 20h11)