06/04/2017
POLÍTICA
100 dias: Furlan faz balanço de gestão
Em coletiva, prefeito afirmou que Alpha ganhará novas câmeras de monitoramento e que vai rever atuação da Area
Thieny Molthini
Em coletiva de imprensa, na quinta-feira (6), Furlan afirmou que manterá todo o secretariado.

D esde o começo do ano o que se escuta da atual administração de Barueri é o pedido de 100 dias, prazo para que a população pudesse observar, e sentir, mudanças no município. Na quinta-feira (6) o prefeito Rubens Furlan (PSDB) recebeu a imprensa para falar sobre as percepções, dificuldades e conquistas desse primeiro momento de sua gestão. Saúde, segurança e, inclusive, a ação da Area em Alphaville foram temas abordados no encontro.
“Eu achava que com a minha experiência eu pudesse resolver tudo, mas não consegui. É tudo muito complexo e os problemas surgem a cada dia. Mas nós já pudemos mostrar a que viemos e já melhoramos razoavelmente para que a população viva com mais satisfação”

O tucano afirmou ter conseguido chegar ao um equilíbrio nas finanças da cidade, o que fez com que pudesse investir em infraestrutura, garantindo a retomada, por exemplo, de obras.

“Infelizmente há lugares em que seria preciso apenas uma pessoa e há quatro. Aos poucos vamos arrumando isso e haverá serviço para todos”, comentou.

Seu maior desafio ainda é a saúde, tendo em vista, por exemplo, a questão do Hospital Municipal de Barueri (leia mais na página A4). “A administração em algum momento se perdeu, deixou de recolher impostos, provocou uma intervenção e um rombo incrível. Estamos fazendo um grande esforço para outra empresa assumir”, contou.

Nessa área, Furlan reforçou a ida do Centro de Diagnóstico e Imagem para o prédio em que funcionava o campus da PUC de Barueri. Outro espaço que passará por mudanças será o Centro de Eventos, que funcionará como maternidade. Essas mudanças garantirão espaço para ampliação do Pronto Socorro Adulto Central de Barueri Nair Fonseca Leitão Arantes (antigo Sameb).

Na educação ele pontuou as reformas no telhado, hidráulica, elétrica, além da pintura, de toda a rede. Afirmou ainda que após estudos foi observada a necessidade de oito novas escolas no município para atender a demanda da população. Como isso será feito ainda está em análise, se com a construção de novos prédios ou se os espaços já em uso serão melhor aproveitados.

Alphaville
Para o bairro, Furlan destacou a instalação de novas 33 câmeras de videomonitoramento, totalizado 307 câmeras em toda a cidade. “Hoje a nossa cidade é um Big Brother”, comentou o prefeito, fazendo alusão ao reality show.

Na ocasião Furlan afirmou ainda que analisará a forma como a Associação Residencial e Empresarial Alphaville (Area) está atuando no bairro. “O elevador da passagem que eu fiz (sob a alameda Rio Negro)nunca está funcionando. Precisamos ver se estão cumprindo as obrigações, porque os condôminos pagam mensalidades altas”, destacou, em tom firme.