30/03/2017
FOLHA DO CARRO
Toyota Corolla ganha realce
Versão 2018 recebeu retoques no visual, itens de segurança e parte de R$ 69.690
Lucia Camargo Nunes
Rodas passam a ser de 17" a partir da XEi. Interior continua sofisticado. Visual mudou pouco. Fotos: Divulgação

Quinto carro mais emplacado no país em 2016, o Toyota Corolla navega tranquilo ante os rivais: fechou o ano com 44% de participação em seu segmento de sedãs médios, ante 14% do Civic e 8% do Cruze. Mas para não perder essa importante marca, a Toyota renovou seu campeão de vendas.

Para esta 11ª geração, a fabricante investiu em um visual renovado e mais itens de segurança, sem alterar motor e transmissão após três anos da mais recente reestilização.

O visual ganhou retoques. São novos os faróis e grade, mais afilados e a tomada de ar, esticada. As lanternas agora são de led e na silhueta, a linha de cintura ficou mais elevada.

A segurança foi reforçada com controles de estabilidade e tração (ESC) e 7 airbags de série em todas as 6 versões: GLi 1.8 de 144 cv com transmissão manual de seis velocidades (R$ 69.690); GLi 1.8 (R$ 69.990) e GLi 1.8 Upper (R$ 90.990) automática Multi-Drive, que reproduz 7 velocidades incluindo sequencial, pela alavanca; XEi (R$ 99.990), XRS (R$ 108.990) e Altis (R$ 114.990), com motor 2.0 de 154 cv e câmbio automático (com trocas também por borboletas atrás do volante).

Avaliado na versão GLi 1.8 automática, o Corolla continua com desempenho eficiente e dócil. Quando levado às curvas mais fechadas de forma mais agressiva, o sedã segura bem a trajetória, auxiliado pela nova eletrônica e o volante de ótima empunhadura. Uma evolução importante e bem-vinda.