12/01/2018
ESPORTES
Em busca do Top 100, Bellucci treina na Flórida
Tenista intensifica preparação para voltar a competir após suspensão do doping

Após cinco meses longe das quadras e de um período em que se defendeu de um resultado positivo no exame antidoping, o tenista Thomaz Bellucci
prepara seu retorno para fevereiro, quando voltará às quadras e tenta voltar aos 100 primeiros do ranking mundial.

Além disso, o jogador que é morador de Alphaville tenta deixar para trás o episódio em que houve contaminação de suas vitaminas. Ele também concluiu na última semana a mudança para a Flórida, nos Estados Unidos. O atleta irá se preparar em solo norte-americano, mas pretende
manter também sua base no Brasil. Atualmente, ele ocupa a posição 111 do ranking mundial.

“Eu estou bem otimista com 2018 é um momento de refletir um pouco minha carreira, momento de mudança. Estou indo para os Estados Unidos e
este mês de janeiro vai ser de bastante treino para começar fevereiro com tudo”, afirmou o jogador. “Mesmo depois de quatro, cinco meses sem jogos,
eu ainda estou entre os 110 do mundo, com um resultado bom já consigo voltar entre os 100”, ressaltou o atleta.

O próximo compromisso é o ATP de Quito, no Equador, onde o tenista acumula bons resultados com uma final e duas semifinais. Além do condicionamento físico que ele busca manter, Bellucci também quer estar em um estado melhor com relação as lesões. “Tenho certeza que
em pouco tempo vou conseguir recuperar tudo que eu tenho. Eu tenho uma lesão crônica no tendão de aquiles. Vou ter que administrar com meu fisioterapeuta”, conta o jogador.

Contaminação
No ano passado, foi detectada a presença de um diurético nos exames antidoping feitos por Bellucci, na Suécia. Em um acordo, o tenista ficou afastado por cinco meses, enquanto buscava provar que não houve a ingestão de nenhum medicamento para melhorar sua performance.

“Conseguimos provar para a ITF (Federação Internacional de Tenis) que não tinha sido nada intencional, que não tinha tomado nenhuma substancia
por benefício físico”, disse.