16/11/2017
ESPORTES
Futmesa em Alpha tem bicampeão
Novidades. Para a próxima edição, os organizadores estudam levar torneio para todas as unidades do Pirajá
Katherine Cifali
Campeão de novo. Da esquerda, o diretor do Pirajá, Natanael Paes, Marcelo Foffá, da Folha e, Maurício, vencedor do torneio com a família.

O futmesa, febre entre a garotada dos anos 70 e 80, voltou a encantar o público do Pirajá Alphaville durante o 2º Torneio Amador de Futebol de Botão, idealizado pela Folha de Alphaville em parceria com o Pirajá e o Shopping Iguatemi Alphaville.

“A segunda edição veio por consequência do sucesso da primeira. A gente apostou em fazer mais um torneio, junto com os patrocinadores, e deu muito certo”, afirma Marcelo Foffá, diretor comercial da Folha de Alphaville.

Foram cinco dias de campeonato no Pirajá, bar mais carioca de São Paulo. A disputa foi dividida em quatro chaves com quatro participantes cada. Ao final de cada dia de disputa, os botonistas – nome dado a quem pratica o esporte – vencedores se classificavam para disputar a semifinal e a final do campeonato na última sexta-feira, 10 de novembro.

E novamente, Maurício Biancalana Jr. mostrou que é o melhor de Alphaville na modalidade esportiva e na final venceu o rival por 4 a 3. Ele se consagrou, pela segunda vez consecutiva, vencedor.

Maurício tornou-se bicampeão do torneio e foi presenteado pela Netpoints, uma das patrocinadoras do evento juntamente com o Pirajá, Cultura Inglesa e Folha de Alphaville, com pontos para trocar por milhas áreas e produtos.

O Pirajá Alphaville, no Shopping Iguatemi, também presenteou os três primeiros colocados com chopes gelados. A segunda edição, cheia de momentos felizes, marcados por muita nostalgia e prazer pelo esporte, acabou de terminar, mas a terceira edição já vem sendo estudada.

“A pedido da diretora da Cia. Tradicional de Comércio, grupo responsável pelo Pirajá e outros estabelecimentos, a 3ª edição do Torneio Amador de Futebol de Botão vai para São Paulo. A ideia é fazer duas etapas em cada uma das cinco unidades do Pirajá com a grande final na unidade da avenida Faria Lima, a maior delas” esclarece Foffá.

Se depender dos idealizadores e apoiadores do torneio, o esporte sensação dos anos 70 e 80 vai unir ainda mais as gerações em Alphaville e São Paulo.