13/04/2017
ESPORTES
Gianluca Petecof avança para novas disputas de kart
Agora, piloto foca no início do Campeonato Europeu, no final de abril
Piloto de Alphaville está com 14 anos e é uma das promessas do automobilismo nacional. Fotos: Divulgação

Um dos destaques da nova geração do kartismo, Gianluca Petecof, de Alphaville, faz em 2017 sua segunda temporada na Europa.

No início do ano, entrou para a equipe italiana Tony Kart, uma das mais tradicionais do mundo, e subiu da categoria OK Junior para a OK, que concentra pilotos experientes e mais velhos que Petecof, que tem 14 anos, muitos deles já como pilotos profissionais.

No fim de semana (7 e 8 de abril), em Sarno (no sul da Itália), Petecof disputou a 4º etapa do WSK Super Masters Series, seu sexto compromissos em competições europeias no ano, e mostrou grande desempenho em meio a um grid de 68 pilotos.

Logo no primeiro treino livre oficial, na sexta-feira, Gianluca liderou a sessão em seu grupo, provando que seria um forte competidor na última rodada do WSK. O piloto da Academia Shell Racing garantiu o 9º melhor tempo na tomada de tempos de seu grupo, e o 17º no geral. Nas baterias classificatórias, ficou no top-10 em três das quatro baterias, mas sofreu com alguns incidentes e problemas de acerto do equipamento.

Na pré-final, largando em 8º, o brasileiro foi acertado logo na largada por um adversário - que foi punido pelos comissários - e obrigado a abandonar, e assim não pôde disputar a corrida decisiva da etapa. Apesar do resultado adverso, Petecof ressaltou o ritmo competitivo, a boa velocidade e a constante evolução em sua primeira disputa completa neste campeonato na categoria OK. Na classificação geral após as quatro etapas do WSK Super Master Series, Gianluca Petecof ficou com a 31ª posição entre 81 competidores.

Agora, Gianluca se dedica nesta semana aos treinos físicos e mentais na Formula Medicine, reconhecido centro de treinamento na Itália, que cuida da preparação de pilotos da Fórmula 1, DTM, F2, entre outros, e na semana seguinte já volta ao mesmo circuito de Sarno para a disputa da 1ª de cinco etapas do Campeonato Europeu de Kart da CIK-FIA.

"Ficamos satisfeitos com o ritmo que tivemos em Sarno. Estava rápido em todas as sessões e confiante para fechar o campeonato com um bom resultado. Nas corridas, as coisas não saíram exatamente como esperávamos, mas vamos levar o que foi bom deste fim de semana, o fato de já estarmos bem competitivos na categoria OK, e seguir trabalhando para chegar ainda mais fortes, em outro patamar, para a disputa do Europeu em Sarno daqui 15 dias”, diz o jovem piloto.