01/12/2017
ECONOMIA
Marca inaugura mais uma loja
Empresa faz sucesso também na rede Facebook, que conta com mais de cinco mil seguidores
Haydée Eloise Ribeiro
Redes sociais: formada em moda, Priscilla inspira-se nas tendências internacionais, além de ficar antenada ao que é lançado com as novelas. Foto: Victor Silva/Folha de Alphaville

Em sua terceira loja de roupas femininas, a Vestting Roupas Preço de Custo acaba de inaugurar uma unidade no Centro de Apoio 2. Essa é também a primeira loja de rua da marca. Há ainda os showrooms – localizados em edifícios comerciais – da alameda Cauaxi e outro em Jundiaí, interior de SP. “As clientes me cobravam muito uma loja nessa área de Alphaville. Às vezes o trânsito está inviável e elas não querem descer até a entrada do bairro. Além disso, uma loja de rua divulga mais a marca”, afirma a empresária Priscilla Secco Leme. No Centro de Apoio 2 e em Jundiaí, ela conta com sócias no negócio.

Montada há oito meses, a marca se tornou grande sucesso com as vendas no Facebook, onde são 5.200 pessoas que participam atualmente de um grupo fechado. Mal acaba de postar, e os comentários e pedidos “pipocam”: “Amei, eu quero um M”, “qual o endereço?”. No Instagram são 17.400 seguidores. Um post com uma foto chega a ter 200 comentários. “Realizamos muito e-commerce. Abri o showroom da Cauaxi ao mesmo tempo em que iniciei vendas online”, afirma Priscilla. “Muitos não apreciam comprar pela internet e desejam provar a roupa”, diz.

A Vestting fabrica 80% das peças. São 28 costureiras na fábrica própria. O restante, 20%, são importadas. Para a loja da Cauaxi são enviadas em torno de 1.500 peças/mês. Para Jundiaí, 650, aproximadamente. Esses números incluem a confecção própria e as peças que vêm de fora. A fábrica também comercializa no atacado. “A intenção, em 2018, é franquear a marca. Pessoas têm nos procurado.”

Formada em moda, Priscilla é uma das estilistas. Ela supervisiona do tecido à produção, além das vendas. “Nos inspiramos nas tendências internacionais e nas novelas”, diz a empresária.

Segundo ela, o sucesso se dá devido ao preço das peças, mais acessível e ao bom marketing da marca. “A mulher sempre busca uma roupa nova”, ressalta Priscilla.