14/07/2017
ECONOMIA
Feira de negócios  de Parnaíba reúne mais de 350 empresas
Empresas têm a oportunidade de fomentarem novos negócios. É também a chance para quem busca uma recolocação
Haydée Eloise Ribeiro Maciel
Mais de 350 empresas participam do evento. Embalagens, gráfica, transporte, instituições de ensino, marketing digital, uniformes, borrachas e peças são alguns dos setores

AIII Feira de Negócios e Emprego, em Santana de Parnaíba, começou dia 12 e reúne mais de 350 empresas. A Folha de Alphaville está com estande. O evento é promovido pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Emprego, Desenvolvimento, Ciênncia Tecnologia e Inovação (Semedes).

“A feira é de grande importância para a captação de novos negócios. É uma ótima iniciativa da prefeitura”afirma Michihiko Tanimoto, diretor da Mit Tecnologia, célula de negócios Totvus. A empresa participa pela primeira vez.

A Odata, especialista em tecnologia da informação, é outra empresa presente na feira e está participando pela primeira vez. “É uma oportunidade de expandir os negócios”, destaca Leon Thales, estagiário de engenharia.

A gráfica Plural também marca presença. “É uma oportunidade de aparecer”, diz o design Bruno de Oliveira.

Cassia Pinhoh, diretora executiva da Maday Iluminação, localizada em Alphaville, diz já ter feito negócios. A empresa é responsável pela iluminação da entrada de Alphaville, a das letras grandes que formam a palavra Alphaville.

Já Paulo Strumiello, da Celocorte Embalagens, diz não ter feito negócios. “As pessoas vêm mais ao estande solicitar empregos. Recebemos muitos currículos”, explica ele.

Entre as palestras do dia 14, Financiamento para Fomento de Negócios, ministrada pelo BNDES, Empreendedorismo como Opção de Carreira, do Sebrae, e Marketing Digital, por Eduardo Cortez, da Search Optics.

Entre quarta-feira (12) e quinta (13), mais de 5 mil pessoas visitaram a III Feira de Negócios e Emprego.

Balcão de Empregos
Um dos destaques da feira é a possibilidade dos visitantes deixarem seus currículos. “Essa ação é uma boa oportunidade”, ressalta Yvete Tiezzi, moradora de Alphaville, que deixou o seu.
Os currículos são direcionados para as empresas expositoras e para o Mais Emprego do Ministério do Trabalho.
Uma grande fila se forma para a entrega de currículos. Até 16h do dia 13, quase 3 mil currículos haviam sido entregues no Posto de Atendimento ao Trabalhador.

Serviço
III Feira de Negócios - Santana Business Park- Estrada Tenente Marques, 1.818. Das 12h às 22h. Entrada gratuita.

Selma Cezar, primeira-dama, apresentou O Fundo Social a Cassia

Cassia Pinhoh, diretora executiva da Maday Iluminação, localizada em Alphaville, diz já ter feito negócios. A empresa é responsável pela iluminação da entrada de Alphaville, a das letras grandes que formam a palavra Alphaville.

Já Paulo Strumiello, da Celocorte Embalagens, diz não ter feito negócios. “As pessoas vêm mais ao estande solicitar empregos. Recebemos muitos currículos”, explica ele.

Entre as palestras do dia 14, Financiamento para Fomento de Negócios, ministrada pelo BNDES, Empreendedorismo como Opção de Carreira, do Sebrae, e Marketing Digital, por Eduardo Cortez, da Search Optics.

Entre quarta-feira (12) e quinta (13), mais de 5 mil pessoas visitaram a III Feira de Negócios e Emprego. 


Fila se formou todos os dias para a entrega de currículos

Balcão de Empregos
Um dos destaques da feira é a possibilidade dos visitantes deixarem seus currículos. “Essa ação é uma boa oportunidade”, ressalta Yvete Tiezzi, moradora de Alphaville, que deixou o seu.

Os currículos são direcionados para as empresas expositoras e para o Mais Emprego do Ministério do Trabalho.

Uma grande fila se forma para a entrega de currículos. Até 16h do dia 13, quase 3 mil currículos haviam sido entregues no Posto de Atendimento ao Trabalhador.

Serviço
III Feira de Negócios - Santana Business Park- Estrada Tenente Marques, 1.818. Das 12h às 22h. Entrada gratuita.