10/07/2017
COLUNISTAS
Lado comédia é fórmula para a vice-liderança 
Colunista da Folha de Alphaville

Acompanhando o confronto entre Ratinho e Record pela vice-liderança de audiência em São Paulo, no fechamento do primeiro semestre, o que se observa é que não houve nenhuma surpresa.

Desde janeiro o apresentador do SBT se mantém à frente, de acordo com dados do Ibope, algo que se repete já há um bom tempo, apesar de todas as tentativas da concorrente.

Mas qual a razão deste sucesso? Nada demais. Só andar na “contramão”. Em conversas com o seu pessoal, Ratinho tem insistido em ideias que deixem sempre o seu programa mais leve e divertido. Tudo diferente do que fazia no passado.

A ordem de agora é abusar do lado comédia, da palhaçada, inclusive nos números musicais, porque é isso, entende-se, que o grande público quer encontrar como opção, quando chega em casa depois de mais um dia de trabalho. E parece que está funcionando. Os números, pelo menos, têm comprovado isso.




Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br