20/04/2017
COLUNISTAS
Leifert também sai do BBB como vencedor
Colunista da Folha de Alphaville

Independentemente de quem ganhou ou perdeu, porque isso faz parte do jogo, o “Big Brother Brasil” que chegou ao fim na quinta (13), se reinventou como programa nesta sua 17ª edição.

Evidente que opiniões em contrário são e serão sempre respeitadas, até porque todos têm o direito de ter a sua, mas é inegável que a presença do Tiago Leifert – sem entrar na babaquice da comparação com o também excelente Pedro Bial – foi um dos destaques positivos.

Guardadas as características de cada um, o Tiago mostrou ser um alguém que sempre viveu e sempre gostou do “BBB”, inclusive participando diretamente da vida de muitos deles pelas redes sociais.

E sendo reality que tinha a assinatura do Bial, coube a ele colocar a sua marca e se integrar à produção, participando da vida da casa, diuturnamente,  do primeiro ao último dia.

Uma vitória com folga para todo aquele que apostou no nome do apresentador.




Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br