10/08/2017
CIDADE
Praça em Alphaville é inaugurada no mês dos pais
Pedro Garaude, empresário que foi um visionário, ganha espaço 
Haydée Eloise Ribeiro Maciel
Pedro Garaude Neto segura placa da praça, em homenagem ao pai. Foto: Victor Silva/Folha de Alphaville

Começando o texto com uma poesia. “....Poderia falar de amor, sua palavra mais frequente..... Foi pai, mãe e melhor amigo.... Amava e só amava a mesma mulher todos dias... Talvez tivesse falhas, e uns podem apontar. Talvez seu gênio forte, ou seu jeito duro de falar.... Mas seu passado tem brilho, momentos de glória. Grandes conquistas marcaram seu nome na história. Cantou a cidade e o rio Tietê. Escreveu dois livros e viu o Solar desenvolver. Sempre intenso, sempre otimista, sempre perto, nunca omisso. Tinha pulso, mas realista. Sua palavra tinha compromisso.... Te prometo dar o meu melhor, te prometo ser bom pai, te prometo honrar seu nome e sorrir mais. Tive o melhor dos exemplos e os carrego para o amanhã. Pois mais que seu filho, e como na música, sou mais um fã.” 

A autoria dessa poesia é de Pedro Garaude Neto para seu pai, Pedro Garaude Junior, que virou nome de praça no 18 do Forte Empresarial, inaugurada sexta (11). O projeto foi do vereador Allan Miranda (PSDB). A praça Dr. Pedro Garaude Jr. fica em frente à Escola Internacional de Alphaville, na av. Copacabana, altura do número 628.

“Uma homenagem para ficar marcada para sempre! É uma honra. Receber uma praça com o nome dele que ainda é igual ao meu, tem muita coisa envolvida. Uma vida dedicada ao próximo. Meu pai foi um pai para muita gente. Ele foi pai ao cuidar de crianças que precisavam. Mantivemos uma casa por quase 15 anos com 12 crianças. Manteve vínculo com a ONG Grupo Vida Barueri pela causa do idoso”, afirma Garaude Neto, diretor há 15 anos na ONG. O pai sempre o apoiou a continuar o sentimento altruísta.

A família está desde 1980 em Alphaville. “Meu pai fundou a Associação 18 do Forte Empresarial. Ele sempre teve esse espírito aglutinador de pessoas”, destaca. E acrescenta: “Ele construiu muito por aqui. Acreditou com o Takaoka. Foram mais de 10 casas e dois prédios. Trouxemos a Net juntos para Alphavile. E deixou um projeto de expansão do Solar que estamos tocando.”

O Solar Ville Garaude , hotel e residência para idosos, era um sonho da irmã, mas o projeto foi do pai. “Ele era um carregador de sonhos.” O filho está à frente do Solar. E diz que tem o melhor emprego do mundo! “Recebo pelo menos 20 grandes e sinceros abraços todos os dias.
Tenho outros pais por aqui”, conta Garaude Neto.