10/08/2017
CIDADE
De pai para filho: paixão por carros e motos
Conheça a dupla que conseguiu idealizar o maior complexo de clássicos da América Latina
João Felipe Cândido
Marcos e seu filho, Luis Cardoso, administram o parque temático de carros clássicos, localizado no km 54 da Castello Branco, em Araçariguama. Fotos: Victor Silva/Folha de Alphaville

Durante a infância, o arquiteto e empresário Marcos Cardoso, 65, deixava qualquer atividade de lado quando seu pai o chamava para passear ou ajudar a lavar o carro. A paixão por aquele universo era tão grande, que aos 13 anos adquiriu o seu primeiro veículo, um Ford Prefect 1947. Para juntar o dinheiro, passou a realizar pequenos reparos em Kombis e Fuscas da vizinhança. Só de observar o seu pai ao volante, aprendeu a dirigir sozinho.

Colecionador nato
A paixão era tão forte, que aos 16 anos, Cardoso já acumulava 15 carros. Com o passar dos anos, sua frota não parava de crescer. Na mesma esteira, os problemas para encontrar vagas para guardar os veículos e realizar a manutenção também só aumentavam.

Morador de Alphaville desde o início da década de 90, em certas ocasiões, chegou a ter carros em vários locais diferentes, como estacionamentos, vagas em apartamento de filhos, garagem de vizinhos.

A praça do condomínio vivia repleta de veículos. Muitos desses carros não tinham condições de rodar, ou porque os pneus esvaziavam, ou poque os carburadores estavam entupidos, ou porque as baterias descarregavam.

Algumas situações desagradáveis quase o fizeram desistir de sua inestimável coleção. Sem poder acompanhar de perto a manutenção de cada um dos veículos, espalhados por inúmeros lugares, alguns modelos sempre apareciam riscados, amassados, com acendedores de cigarros, emblemas e frisos roubados, entre outros problemas.

Para resolver de vez a situação, Cardoso desejava encontrar de qualquer forma um local na região para centralizar os seus carros.

Nascia o Box 54
Foi no km 54 da Rodovia Castello Branco, em um espaço de 10 mil m², que Marcos decidiu construir o seu próprio espaço de lazer. O que ele jamais poderia imaginar é que um dia o seu hobby poderia se tornar um negócio.

O insight aconteceu durante a visita de um amigo no local. Ao se deparar com a impressionante infraestrutura para o armazenamento dos carros, comentou que ali teria total vocação para se tornar um verdadeiro polo de lazer para os futuros visitantes. Não pensou duas vezes e levou a sério o conselho de seu amigo. Foi a hora de unir o útil ao agradável.

Nascia em novembro de 2014, na cidade de Araçariguama, a cerca de 20 minutos de Alphaville, o Box 54, considerado atualmente o maior complexo de carros antigos da América Latina.

Hobby que virou business
A velha expressão “filho de peixe, peixinho é”, fez jus ao caçula de seus três filhos, o designer gráfico Luis Cardoso, 30, que seguiu os passos do pai. Hoje, a dupla administra o Box 54 ao lado de Thais Cardoso, 46, madrasta de Luis.

“Descobri muito cedo que estava encantado pelo hobby do meu pai. Dirigi pela primeira vez aos 7 anos, num Jeep Willys. Aos 12 anos ganhei minha primeira moto. Passei por ótimos momentos no bairro. Nunca esqueço que na adolescência o meio de locomoção mais comum era a carona entre os moradores”, recorda-se o jovem.

Universo do motor
Baseado em toda essa experiência pessoal, decidiu então colocar à disposição do mercado mais de 200 vagas para abrigar outros veículos dos apaixonados por clássicos e especiais.

Hoje a Box 54 oferece exposição com mais de 300 modelos de carros, showroom de carros clássicos à venda, encontros de clubes e test drive na Rodovia Castello Branco de modelo antigos e superesportivos. Os aficionados que deixam os seus carros no local, recebem limpeza, funcionamento, calibragem de pneus e enceramento.

Luis afirma que trabalhar ao lado de seu pai passa longe de ser um desafio. “Entre tantos ensinamentos que aprendi com o meu pai, posso dizer que a maior lição é sempre buscar fazer aquilo que você gosta, ser honesto e transparente. Sempre. Hoje, tenho um emprego dos sonhos”, finaliza.