15/06/2017
CIDADE
Travessia em frente a Fieb gera apreensão aos pais
Preve-se a implantação de semáforos para auxiliar a deslocamento dos alunos
Haydée Eloise Ribeiro Maciel
Crianças atravessam correndo. Foto: Victor Silva/Folha de Alphaville

Em frente a Fieb EEFMT Professora Maria Theodora Pedreira de Freitas, localizada na av. Andrômeda, existe uma praça, conhecida como Redondo. “Nessa praça, os alunos esperavam os pais e os agentes de trânsito, em horário de entrada e saída dos estudantes, fechavam a rotatória para facilitar o embarque e desembarque das crianças”, explica a mãe de um aluno.


?s vezes, estudantes atravessam ao lado de vans at? a pra?a chamada de Redondo. Foto: Victor Silva/Folha de Alphaville

A praça recebeu um corte de meia lua no meio para a criação de uma pequena via. Com isso, muitos pais ficaram apreensivos devido à segurança dos estudantes, com carros passando de ambos os lados. “Além disso, antes as crianças tinham que atravessar somente uma rua para ficar no Redondo, agora são duas com tráfego intenso”, diz ela.

Segundo o Demutran, foi feito um estudo com a secretaria de Obras e optou-se por realizar esse corte para garantir um melhor fluxo da via e da obra do empreendimento localizado em frente à Fieb, do outro lado da rua. Os veículos que atenderão a obra precisam retornar pela Via Parque. Pela av. Alphaville não é possível, devido ao trânsito. Por enquanto, a via que servirá a obra ainda está liberada.

No local, a equipe de reportagem da Folha de Alphaville constatou que as crianças correm risco ao atravessarem correndo. As vans paradas também atrapalham a travessia. Porém, o estacionamento dedicado a elas costuma ser ocupado por carros de pais.

O Demutran informa queserão implantados semáforos para o cruzamento, onde automaticamente já atenderá a travessia de pedestres.

A Pra?a dos Alunos, como ? chamada o Redondo. Foto: Victor Silva/Folha de Alphaville

No local, a equipe de reportagem da Folha de Alphaville constatou que as crianças correm risco ao atravessarem correndo. As vans paradas também atrapalham a travessia. Porém, o estacionamento dedicado a elas costuma ser ocupado por carros de pais.

O Demutran informa queserão implantados semáforos para o cruzamento, onde automaticamente já atenderá a travessia de pedestres.