12/05/2017
CADERNO A
Guilherme Arantes comemora 40 anos de carreira
Músico celebra com shows e caixa de 23 CDs
Haydée Eloise Ribeiro Maciel
"É um tempo para agradecer ao Universo: a gratidão como um estado de alma muito especial...", comenta Guilherme Arantes, cantor e compositor

Quem não se lembra das várias vezes tocadas músicas “Cheia de Charme”, “Meu Mundo e Nada Mais” e “Planeta Água”, de Guilherme Arantes? Pois já são 40 anos de carreira. E para comemorar, o músico e compositor estará com um show intimista e recheado de sucessos dia 27/5 no Teatro Municipal de Barueri (TMB). “Será uma retrospectiva com todas as músicas mais importantes, todos os sucessos, e mais algumais lado-B, e duas do Condição Humana, o álbum mais recente”, conta Arantes.

O músico e compositor tem presença importante em várias fases da música brasileira. Vencedor do Prêmio Multishow 2013 de Melhor Disco com “Condição Humana”, o artista comemora em grande estilo 40 anos de carreira com o lançamento pela Sony Music de sua caixa com 23 CDs, sendo 21 com trabalhos de estúdio, um ao vivo e um CD coletânea dos seus singles lançados em compacto. Essa caixa foi uma iniciativa do próprio Guilherme Arantes, para sair simultaneamente ao documentário de 40 anos que está no canal do Youtube “guilhermearantesoficial”. “Não só para aproveitar a data comemorativa de quatro décadas, mas para ‘amarrar’ bem a minha história, contada minuciosamente por mim mesmo”, ressalta.
O músico está em estúdio, gravando novo CD de inéditas, após hiato de quatro anos. “Virão muitas surpresas nesse novo CD”, afirma Arantes. O último foi em 2013, a autoprodução “Condição Humana”, 23º disco da carreira (o 22º de inéditas), no estúdio que implantou na Bahia, com o selo Coaxo do Sapo.

Em relação ao 40 anos de carreira, o compositor avalia com muita gratidão e alegria, de ter podido viver esse tempo de quatro décadas, de tantos contrastes. “É um privilégio. Ter construído um repertório vasto e consistente, com muita personalidade, e recebendo uma resposta tão emotiva e duradoura do público. É um tempo para agradecer ao Universo: a gratidão como um estado de alma muito especial...”
Vários hits.

Nos anos 70, emplacou temas de novelas – “Meu Mundo e Nada Mais”, “Cuide-se Bem” e “Amanhã” –, temas duradouros como “Êxtase”, abriu os anos 80 com o sucesso de “Aprendendo a Jogar”, na voz de Elis Regina. Ao procurar no Google, é possível ver que mais de 20 novelas tiveram músicas suas. Depois, conquistou as FMs com sequência de hits como “Deixa Chover”, “Planeta Água”, “O Melhor Vai Começar”, “Lance Legal”, “Pedacinhos”, “Loucas Horas”. Além desses sucessos, abasteceu especiais infantis: “Lindo Balão Azul” em “Pirlimpimpim” e “Brincar de Viver”, com Bethânia, em “Plunct Plact Zum”. Consolidou carreira com grandes shows e sucessos como “Cheia de Charme” e “Coisas do Brasil”. Já na década de 90 lançou trabalhos importantes, tornando-se referência para várias gerações.

As gravadoras extraíram grande número de coletâneas, ao todo 40, nestes 40 anos. Arantes foi revisitado por artistas de variadas correntes e em mais de uma centena de regravações.

Serviço
Guilherme Arantes – Especial 40 anos
Início do espetáculo:  27 de maio, às 20h  
Ingressos:  a partir de R$  40 (meia)
Informações e vendas: www.ticketbrasil.com.br